De Segunda a Sexta – 06h às 07h

FM Maior 93.3 Ao Vivo

De Segunda a Sexta – 06h às 07h

PSDB deve devolver R$ 4,1 milhões aos cofres públicos, decide TSE


O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) desaprovou, na sessão dessa terça-feira, 26, a prestação de contas do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) por uso irregular de recursos do Fundo Partidário no exercício financeiro de 2016. A informação é da assessoria da Corte.

Por unanimidade, os ministros decidiram que a agremiação deve devolver ao erário, com recursos próprios, a quantia de R$ 4.158.550,98, acrescida de multa de 8% sobre o montante, em razão de aplicação irregular do Fundo Partidário. Também deve recolher ao Tesouro Nacional a quantia de R$ 513.024,84 referente a recursos de origem não identificada.

O Colegiado ainda reconheceu que o partido não cumpriu o percentual mínimo de aplicação de 5% para programas de incentivo à participação feminina na política e, por isso, determinou a destinação, pela legenda, de R$ 1.176.905,38 do Fundo Partidário para essas ações nas eleições subquentes ao trânsito em julgado da decisão de hoje.

Repórter Ceará

Compartilhe essa notícia:

LEIA TAMBÉM

MAIS LIDAS

plugins premium WordPress