De Segunda a Sexta – 06h às 07h

FM Maior 93.3 Ao Vivo

De Segunda a Sexta – 06h às 07h

saúde

Couve melhora o intestino e combate a gastrite, afirmam nutricionistas

A couve faz parte do grupo das brássicas, família de hortaliças que inclui também brócolis, couve-flor, nabo e repolho
Screenshot 2024-04-17 at 06-53-42 Melhora o intestino saiba principais benefícios da couve

Popular por ser o protagonista dos famosos sucos detox, a couve é uma hortaliça de cor verde escura que promove vários benefícios para a saúde do organismo.

Ela é integrante do grupo das brássicas, que também inclui vegetais como brócolis, couve-flor, nabo e repolho. A couve é considerada uma farmácia-viva por ser riquíssima em compostos bioativos, nutrientes e antioxidantes.

A nutricionista Gisela Savioli, que atende em São Paulo, explica seis motivos pelos quais deveríamos couve todos os dias.

A couve é rica em magnésio, mineral essencial para a circulação do sangue e contração e relaxamento dos músculos, o que faz dela um excelente analgésico natural.

“Se você vive com dores pelo corpo, sente muita tensão muscular e dificuldade para relaxar, a palavra de ordem é: aumente o consumo de couve. Inclua ela em seu cardápio diariamente”, diz Gisela.

A couve possui alto teor de fibras, tanto solúveis quanto insolúveis. Por isso, ela é uma excelente reguladora do trânsito intestinal.

Quando se fala de inflamação, a couve é campeã. “Os carotenoides, os glicosinolatos e polifenóis presentes na couve formam um combo incrível para reduzir a inflamação, considerada hoje a origem das doenças crônicas que mais matam e incapacitam no planeta”, afirma a nutricionista.

A couve possui efeitos gastroprotetor, que ajuda a estimular a produção de muco e melhorar o pH do estômago. Dessa forma, os sintomas de refluxo e queimação são aliviados ao consumir este alimento.

Por fim, não é à toa que a couve é a queridinha dos sucos detox. Ela contém fitoquímicos e nutrientes que estimulam a eliminação de toxinas do corpo.

De acordo com a nutricionista, o ideal é darmos preferência para o consumo da folha crua, seja em sucos ou salada, pois alguns de seus compostos são sensíveis ao calor.

Metrópoles

Compartilhe essa notícia:

LEIA TAMBÉM

MAIS LIDAS

plugins premium WordPress