De Segunda a Sexta – 06h às 07h

FM Maior 93.3 Ao Vivo

De Segunda a Sexta – 06h às 07h

Curiosidades

Brasileiro é o que mais leva lista de compras ao supermercado

A9C2881B-488B-4AF5-AE8A-030133E2BCA3-1280x720

O brasileiro é o que mais tem o hábito de ir ao supermercado com uma lista bem definida de compras para não extrapolar nos gastos. Aliado a isso, há um comportamento novo no consumidor: ele vem abrindo mão de marcas em busca de melhores preços. É o que revela pesquisa apresentada na 43ª Convenção da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (ABAD). O levantamento da NielsenIQ, com atuação em 90 países, aponta que 53% dos brasileiros definem previamente os itens de compra para o abastecimento doméstico. A média global é de 46%.

“Os brasileiros sentem que estão numa situação melhor do que há um ano. Mas estão ainda saindo de um cenário difícil, ainda estão endividados. Então, as pessoas ainda sentem a pressão no bolso e buscam não desperdiçar dinheiro na hora de abastecer seu lar”, explicou à coluna Domenico Tremarolli, diretor da NielsenIQ.

O setor atacadista/distribuidor registrou crescimento em maio. A avaliação é de que a vontade dos brasileiros de fazer doações para a população do Rio Grande do Sul, atingida pelas enchentes, fez aumentar o consumo. As pessoas compraram, além de produtos para seu próprio uso, itens para doar. Houve aumento na procura por água, óleo e outros mantimentos.

Leia também:  Rotina de trabalho irregular na juventude impacta saúde após os 50

Arroz garantido

A Abad informou que os fornecedores brasileiros de arroz garantiram ter o produto e que não há ameaça de falta por causa das enchentes no Sul. Foi registrado aumento, de uma semana para outra, em maio, de 20% nos preços, mas a tendência é de que eles estabilizem.

Delegação brasiliense 

O presidente do Sindiatacadista-DF, Álvaro Silveira Jr, está participando do evento. O setor na capital federal vem crescendo de forma expressiva e ganhando destaque nacional. Empresas de Brasília aparecem no top 10 das maiores em faturamento do país. E serão premiadas hoje no evento que ocorre em Atibaia (SP).

Crescimento acumulado em 2024

Os mais recentes dados do Termômetro ABAD NielsenIQ, pesquisa mensal responsável por detalhar o faturamento médio do atacadista distribuidor nacional, mostram crescimento do setor de +5,7% no acumulado do ano. Os dados foram apresentados ontem pelo presidente da ABAD, Leonardo Miguel Severini. A entidade reúne mais de 3 mil associados, atendendo diariamente mais de um milhão de pontos de venda em todos os 5.570 municípios do país.

Leia também:  Alimentos ultraprocessados diminuem expectativa de vida, diz estudo

Correio Braziliense

Compartilhe essa notícia:

Outras notícias

Mais lidas

plugins premium WordPress